Qualidade, Tradição & História

A vinícola Santa Rita está, sem sombra de dúvidas, entre as vinícolas de mais prestígio e mais tradição no Chile. Contando com uma fascinate história com passagens que se confundem inclusive com a própria história do país esta vinícola mantém um sério compromisso com a qualidade dos seus vinhos; o quê lhe redeu em 2010, pela décima vez consecutiva, o prestigioso título “Winery of the Year”, oferecido pela conceituada revista Wine & Spirits. O início da elaboração de vinhos nesta vinícola coincide inclusive com o surgimento da fabricação da bebida em terras chilenas. Alguns dos seus vinhos de mais destaque são o Triple C, que combina as cepas CármenèreCarbernet Franc e Carbernet Sauvignon e o celebrado Pehuén, composto principalmente por uvas Cármernère que refletem fortes expressões do terroir de Apalta.

Tours na Vinícola Santa Rita

À somente 50 minutos da capital e com tanto à oferecer, um tour na vinícola Santa Rita se faz praticamente indispensável durante as suas férias na capital. Esta é uma atividade que dependendo do quanto você esteja disposto à gastar, pode durar desde 1 à 2 horas. Contudo, uma visita aos terrenos de Santa Rita não se trata somente de explorar plantações de parreiras, belos jardins, adegas e um casarão. Depois ou antes do seu tour você pode aproveitar a oportunidade e saborear a sofisticada culinária oferecida no Restaurante Doña Paula ou relaxar um pouco na cafeteria La Panaderia, que no final do século XIX era uma padaria cuja fabricação de pão era voltada inteiramante para abastecer os lares dos trabalhadores locais e as suas famílias.

Também nos terrenos da vinícola, situado próximo à casa grande, encontra-se o belíssimo Museo Andino. Um prédio de fascinante arquitetura exibindo uma coleção de objetos representativos dos mais variados povos chilenos. Aqui se fazem presentes coleções de moais de madeira, representado a identidade da Ilha de Páscoa, na sala Rapa Nui; também como objetos característicos dos Mapuches: ítens de prata, vasos de cerâmica, máscaras de madeira e instrumentos musicais elaborados no século XIX. Vale à pena a visita que não tem nenhum custo adicional. O Museo Andino recebe o público de terça à domingo das 10:30 horas às 17:30 horas.

Share This